Você está em:

O futuro se aproxima: iniciativas sustentáveis que fazem a diferença


Por muito tempo o consumo exacerbado levou a sociedade a extrair o máximo que pôde da natureza, sem a consciência de que os recursos são esgotáveis. Consequentemente, muitos problemas ambientais vem ocorrendo, colocando em risco o equilíbrio do planeta. A partir desses pontos o termo sustentabilidade foi criado, com intuito de abrir a discussão sobre iniciativas de preservação a curto e longo prazo.

O consumo consciente está ligado diretamente ao desenvolvimento sustentável. E quando falamos em sustentabilidade, isso significa que as necessidades presentes devem ser supridas sem afetar a capacidade de gerações futuras suprirem as suas próprias. A partir disso, a consciência sobre a preservação do meio ambiente precisa ser uma tarefa constante.

Uma das grandes questões relacionadas a sustentabilidade é a geração de energia. Atualmente a maior parte da matriz energética brasileira é proveniente de fonte hidráulica, e mesmo sendo uma energia renovável, acaba impactando diretamente o meio ambiente. A construção de uma represa hidrelétrica representa inúmeros danos, como alagamento de regiões próximas, desmatamento e destruição do habitat de diversas espécies, geração de gases do efeito estufa devido a biodegradação das árvores alagadas, e em alguns casos até a seca de rios e lagos dependendo dos desvios de curso da água.

As consequências negativas se intensificam quando se trata das termoelétricas, pois a queima de combustível resultante da geração de energia é extremamente prejudicial.  Que os impactos ambientais causados pela emissão de gases de efeito estufa e a poluição do ar são nocivos, nós já sabemos. Mas além disso, existe a problemática em relação ao volume de água utilizado tanto na geração de calor quanto para o resfriamento das turbinas. As críticas a essa modalidade de usina são inúmeras e, apesar de essa não ser a principal fonte de energia no Brasil, ela é a segunda maior, suprindo o abastecimento em épocas de crise nas hidrelétricas. No mundo, as termoelétricas a carvão representam mais de 40% da produção de energia, número significativo se tratando de um recurso não renovável e tão poluente.

 

Soluções sustentáveis para problemas reais

Amenizar os impactos ambientais tem gerado uma ampla discussão na sociedade como um todo. Cada vez mais iniciativas vem sendo criadas nesse sentido e uma delas é a energia solar. Em 2012 a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) criou a Resolução Normativa 482, que estabelece o Sistema de Compensação de Energia Elétrica, permitindo ao consumidor que produza sua própria energia através de pequenos geradores provenientes de energia renovável, ou seja, através de microturbinas eólicas, módulos solares fotovoltaicos etc. A partir dessa ação o desenvolvimento de energia solar vem crescendo continuamente, se tornando uma das opções mais viáveis no quesito sustentabilidade.

Mas para que você consiga compreender os motivos que resultaram nesse crescimento, é importante entender como a energia solar funciona e quais são suas vantagens.

A geração de energia solar fotovoltaica, ocorre através de módulos produzidos em silício, que captam a irradiação solar e o converte em corrente elétrica por meio de um sistema com mais componentes. A energia solar tem diversos benefícios e o fato de vivermos em um país tropical, com grande incidência de sol, faz dessa, uma fonte de energia abundante. Além disso, sol é um recurso renovável que não se esgota e o melhor de tudo, não prejudica o meio ambiente em sua geração.

Pensando nisso, cada vez mais a Komeco vem aprimorando seus produtos. Há mais de 15 anos a produção de sistemas de aquecimento de água solar tem proporcionado mais economia e sustentabilidade nos lares brasileiros.  Já em 2019 a aposta foi o sistema de energia solar fotovoltaico, a proposta que alia tecnologia e sustentabilidade foi o início de uma jornada em busca de soluções eficientes e sustentáveis.

 Se restava alguma dúvida de que essas são opções viáveis para quem quer contribuir com o meio ambiente, não resta mais!

Quer saber mais sobre energia solar? Continue acompanhando nosso blog